Solicite um orçamento agora!!! Solicite um orçamento via WhatsApp!!
Central de Atendimento - Telefone 11 3769-1000 WhatsApp 11 991362778

Manipulação de Cosméticos

Cosméticos não são mais considerados produtos destinados somente à beleza, houve um alinhamento da beleza com a saúde e os cométicos apareceram como resposta a essa mudança de comportamento sociais. Conceitualmente os cosméticos são substâncias, misturas ou formulações usadas para melhorar ou para proteger a aparência ou o odor do corpo humano, denominados produtos para higiene e cuidados pessoais.

No passado, cosméticos tinham o principal objetivo de disfarçar defeitos físicos, sujeira e mau-cheiro. Com a mudança nos hábitos de limpeza e cuidado pessoal, seu uso hoje é muito mais difundido e diferente do que ocorria e são percebidos de maneira diferente de acordo com a cultura e hábitos nos países.

Os cosméticos no Brasil são controlados pela Câmara Técnica de Cosméticos da ANVISA (CATEC/ANVISA) e pela Resolução RDC nº. 211, de 14 de julho de 2005. A definição oficial de cosméticos compreende todos os produtos de uso pessoal e perfumes que sejam constituídos por substâncias naturais ou sintéticas para uso externo nas diversas partes do corpo humano – pele, sistema capilar, unhas, lábios, órgãos genitais externos, dentes e membranas mucosas da cavidade oral – com o objetivo exclusivo ou principal de limpá-los, perfumá-los, alterar sua aparência, corrigir odores corporais, protegê-los e/ou mantê-los em bom estado.

A manipulação é um processo artesanal de fabricação de um produto, resgata a essencialidade do especialista, possibilita a personalização de uma formula e fornece ao cliente um medicamento sob medida para as suas necessidades, individualizado. As formulações de cosméticos são complexas e utilizam muitas matérias-primas diferentes, porque cada cosmético deve apresentar várias propriedades simultaneamente ajustadas para as aplicações desejadas.

As farmácias de manipulação agem de forma a preparar formulações individualizadas de acordo com a prescrição médica, contendo materias primas em dosagens especificas para as necessidades de cada indivíduo. Todas as matérias primas são fornecidas por fornecedores qualificados passam por um rigoroso processo de controle de qualidade para verificar se estão de acordo com os padrões e critérios descritos em literatura.